7 Dúvidas que todo mundo tem (e você também) sobre a Plástica Gengival

Dicas para Aliviar Dor de Dente
4 truques para você aliviar dor de dente de uma vez por todas
3 de abril de 2018
Benefícios da Toxina Butolínica
5 benefícios da toxina botulínica para a estética e saúde bucal
17 de abril de 2018
Show all

7 Dúvidas que todo mundo tem (e você também) sobre a Plástica Gengival

Dúvidas Frequentes sobre a Plástica Gengival

A plástica gengival, ou gengivoplastia, está entre os principais procedimentos estéticos mais procurados da atualidade, sobretudo por aquelas pessoas que ficam constrangidas ao sorrir devido a exposição excessiva da gengiva. Isso ocorre porque o principal objetivo desse procedimento é diminuir a quantidade de gengiva que fica exposta.

No entanto, apesar da eficácia do procedimento, existem diversas dúvidas quanto a ele. Afinal, quem pode fazer a plástica gengival? Quais são as contraindicações? Como é feita? Quais devem ser os cuidados pós-cirúrgicos? Ao continuar a leitura desse post, você poderá esclarecer essas e outras dúvidas sobre esse procedimento estético. Vem ver!

1. Que profissional está apto para fazer a plástica gengival?

De maneira geral, todos os cirurgiões-dentistas estão aptos para realizar esse tipo de procedimento. No entanto, para que você possa obter melhores resultados, o ideal é que ele seja feito por um periodontista, especialista em realizar o diagnóstico, a prevenção e o tratamento das doenças gengivais e periodontais.

Esse profissional possui um maior conhecimento e prática no assunto. Além disso, ele domina melhor as técnicas utilizadas para a realização da plástica gengival. Com ele, as possibilidades de você ficar satisfeito com o resultado são muito maiores.

2. Como é feita a plástica gengival?

Apesar de existirem uma grande variedade de técnicas de plástica gengival, a escolha da mais adequada irá depender da avaliação e do objetivo da cirurgia. Mas, normalmente ela consiste no suave deslocamento da gengiva para o local estabelecido pelo dentista ou na retirada de um pouco do tecido do céu da boca (palato), enxertando-o em outra região da gengiva com o objetivo de criar mais volume ou espessura.

Na realização da plástica gengival é usado uma anestesia local e sua duração varia de acordo com as particularidades e dos métodos a serem realizados. Uma cirurgia de coroa clínica, por exemplo, pode ter a duração de apenas trinta minutos enquanto que, uma cirurgia de sorriso gengival pode se prolongar por no máximo uma hora e meia.  

Como é feita a Plástica Gengival

3. Para quem a plástica gengival é indicada?

De acordo com especialistas, a plástica gengival é indicada para todas aquelas pessoas que apresentam sorriso gengival, ou seja, para quem tem as gengivas excessivamente grandes. No entanto, esse procedimento também pode ser realizado por quem tem as gengivas muito retraídas, ao ponto de expor a raiz dos dentes. Nesse último caso, é feito o recobrimento da gengiva.

Além dos casos citados acima, os periodontistas também podem executar esse tipo de procedimento em pessoas que possuem a gengiva excessivamente fina.

4. Quais são os pré-requisitos para a realização da plástica gengival?

Existem alguns pré-requisitos que devem ser cumpridos para que o paciente tenha um bom resultado com a plástica gengival. Dentre eles destaca-se: a cura de qualquer tipo de doença na gengiva e ausência de placas bacterianas nos dentes.

Ademais, é de suma importância que o paciente também tenha uma boa higiene oral e que faça visitas periódicas ao dentista. Caso contrário, o procedimento não poderá ser realizado.

5. Existem contraindicações para a plástica gengival?

A plástica gengival não pode ser realizada por todas as pessoas, de acordo com especialistas, ela é contraindicada para pacientes que possuem algumas doenças crônicas. Dentre elas, destacam-se: diabetes e hipertensão descompensadas; problemas gengivais não curados; gravidez; e tabagismo.

6. Quais os procedimentos para o pré-operatório?

O processo pré-operatório de uma plástica gengival é bastante simples. Sendo necessário que o paciente tenha realizado um tratamento dentário capaz de controlar as placas bacterianas da região bucal, ter reduzido o consumo de cigarros antes da operação e principalmente ingerir corretamente os antibióticos e anti-inflamatórios prescritos pelo cirurgião-dentista.

7. Como é o pós-operatório da cirurgia?

Normalmente, o pós-operatório da plástica gengival tem a duração de 15 a 20 dias, no qual ocorre a cicatrização da região da gengiva. Durante esse período é necessário que o paciente, tenha um cuidado rigoroso com a sua higiene bucal, consuma alimentos de fácil mastigação, tome a medicação recomendada e evite a realização de escovações bruscas.

Além dessas recomendações, é importante que durante as primeiras 48 horas após a cirurgia o paciente evite falar de forma excessiva. Assim como evite a exposição solar e o consumo de bebidas alcoólicas na primeira semana após a realização da plástica gengival.

Tem alguma outra informação que você gostaria de saber e nós não citamos aqui? Aproveite o campo de comentários abaixo para sugerir outras dúvidas, assim podemos deixar esse post cada vez mais completo.

Caso você queira entender mais sobre a plástica gengival, leia nosso post Gengivoplastia: descubra como funciona o procedimento que acaba com o sorriso gengival.

Dra. Alana de Sá
Dra. Alana de Sá
Cirurgiã-Dentista graduada em Odontologia pela Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucurí. Pós-graduada em Prótese fixa e dentística, Cirurgia Avançada e Implantes e Prótese sobre Implante. É especialista em Implantodontia pela Universidade Federal de Minas Gerais e em Prótese Dentária pela Unicamp. Se aperfeiçoou em Toxina Botulínica, Preenchimento Facial, Bichectomia e Odontologia Estética. Hoje é membro da Sociedade Brasileira de Toxina Botulínica e Implantes Faciais na Odontologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *